FirulaGeralFirulaQuente

Júri de acusados de atacarem helicóptero da PM é adiado para 2019

Três dos seis policiais que estavam na aeronave morreram na queda

A juíza Tula Corrêa de Mello, do 3º Tribunal do Júri do Rio, adiou, para o dia 7 de fevereiro de 2019 o julgamento dos quatros acusados de derrubarem um helicóptero da polícia no Morro dos Macacos, na Zona Norte do Rio, em 2009. Três dos seis policiais que estavam na aeronave morreram na queda.

Fabiano Atanasio Silva, Magno Tatagiba de Souza, Leandro Domingos Berçot e Luiz Carlos Santino da Rocha foram acusados de homicídio qualificado, tentativa de homicídio e tráfico de drogas.

O júri foi remarcado depois que um dos jurados, logo depois dos depoimentos de testemunhas e o interrogatório de um dos réus, entregou um documento colocando em risco a imparcialidade do julgamento.

“Às 16h25min foi suspensa sessão e dada ciência do teor do documento ao MP e à Defesa. Após, verificado o motivo de dissolução pelo fundado temor manifestado, afastando a parcialidade no decorrer do julgamento, pela MM Juíza foi dissolvido o Conselho e determinado o remembramento do feito, ficando intimados os presentes da nova Sessão de Julgamento”, escreveu na sentença.

Processo n°: 0285477-53.2010.8.19.0001

JGP/AB – TJRJ

Artigos relacionados

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios